A série A2 é o segundo nível de competição de futebol ao nível estadual, em São Paulo. É habitualmente conhecida como segunda divisão, por esse motivo, embora isso possa causar confusão com o quarto nível do futebol estadual, que tem o nome oficial de Segunda Divisão. Depois de diferentes formatos e várias alterações nas primeiras décadas do século XX, a competição estabilizou a partir de 1947. Desde a segunda época (1948), nunca deixou de ter promoção dos melhores times para o Paulista (atual série A1) e rebaixamento dos piores do Paulista para o segundo nível.

Mesmo com seu formato estabilizado, a competição mudou de nome por várias vezes desde a década de 1940, como se o futebol paulista não soubesse que nome lhe dar. Até 1994, nunca esteve mais de dezesseis anos sem mudar de nome ao menos uma vez, entre várias hipóteses, e por vezes regressando a um nome anterior. Esses foram os vários nomes da competição:

  • Segunda Divisão
  • Primeira Divisão
  • Divisão Intermediária
  • Divisão Especial

Em 1994 foi finalmente encontrado um esquema “definitivo”, sendo adotado o atual nome de série A2, que se mantém após 25 anos.

Mais de 40 campeões

No passado, o segundo nível de competição futebolística paulista era quase considerado como uma “primeira divisão do interior”, pois reunia vários clubes do interior que tinham poucos meios para lutar com as agremiações da capital. Porém, com o passar do tempo essa imagem foi perdendo força.

Como sempre acontece com divisões inferiores em que tem ascenso a uma superior, o número de campeões varia, pois o campeão nunca permanece para defender seu título na época seguinte. No total, mais de 40 times já venceram a série A2 ao menos uma vez, desde 1947.

O único time que venceu a competição em anos consecutivos foi o XV de Piracicaba, que venceu as duas primeiras edições – exatamente por não haver ainda ascenso ao Paulista em 1947. O time piracicabano venceu, no total, por 5 vezes.