A Sociedade Esportiva Palmeiras, também conhecida como “alviverde” por suas cores predominantes (o branco e o verde), é um dos três grandes clubes da cidade de S. Paulo, junto com o São Paulo FC e o Corinthians. Fundado em 1914 pela numerosa e bem sucedida colônia de imigrantes italianos em São Paulo, tomou inicialmente o nome de Palestra Italia.

Arrancada Heroica

Suas origens e referências italianas se tornaram um problema durante a Segunda Guerra Mundial, quando o Brasil entrou no conflito ao lado dos aliados. Fortes pressões políticas, vindas do governo (mas que o Palmeiras aponta principalmente a uma influência do rival São Paulo FC, que estaria até interessado em patrimônio do clube), obrigaram a uma mudança de nome e à retirada da cor vermelha do símbolo.

A mudança foi concretizada a 14 de setembro de 1942, e justo a 20 de setembro viria o jogo decisivo para o Paulista. Bastaria vencer o… São Paulo FC, inimigo do momento, para assegurar o troféu. O time entrou em campo com uma enorme bandeira brasileira e venceu mesmo, por 3-1. O dia ficou para a história como a “Arrancada Heroica”.

O clube com mais vitórias nacionais

Seus rivais amargam, principalmente aqueles de clubes com torcidas maiores, como é o caso do grande rival Corinthians e do carioca Flamengo, já para não falar do “inimigo” são-paulino. Mas o fato é que o Palmeiras é o clube com mais títulos nacionais. É o recordista de vitórias no Campeonato Brasileiro, com 10 desde sua criação em 1959. Venceu ainda 3 Copas do Brasil e 1 Copa dos Campeões.

É também, claro, muito bem sucedido ao nível estadual, com 22 vitórias no Paulista, só perdendo para o Corinthians. Venceu ainda a Copa Rio de 1951 (à época, considerado como um verdadeiro campeonato mundial de clubes) e a Copa Libertadores de 1999.

Além disso, foi considerado pela Federação Paulista de Futebol, em 1999, como o “campeão do século XX”.