Paulistão feminino pronto a começar

A Federação Paulista de Futebol anunciou, no passado dia 25 de fevereiro (segunda-feira), a escalação dos dois grupos do Campeonato Paulista Feminino de 2019. Vai se manter o formato de 2018, com grupos divididos em função de sua localização geográfica e uma divisão dos “quatro grandes” paulistas, dois em cada grupo.

Confira:

Grupo A

  • Palmeiras
  • São Paulo
  • Ferroviária
  • Internacional de Franca
  • Ponte Preta
  • São José do Rio Preto
  • Rio Branco de Americana

Grupo B

  • Corinthians
  • Santos (“Sereias da Vila”)
  • Juventus
  • Osasco Audax
  • Portuguesa
  • São José
  • Taubaté

Cada grupo irá classificar as quatro melhores equipes para participar na fase de mata-mata, seguindo das quartas de final até à final. O início está previsto para o dia 24 de março.

O Santos, que no Feminino toma geralmente o simpático e valoroso nome de “Sereias da Vila”, vai tentar defender o título conquistado na última época. As santistas venceram o Timão por 1-0 no primeiro jogo e seguraram a eliminatória empatando a dois gols no segundo.

No mais, as Sereias da Vila seguem na frente na contagem de vitórias no Paulista Feminino, que vem se disputando desde 1997, com cinco troféus. A Ferroviária vem na cola, com quatro.

Futebol feminino segue crescendo

O futebol feminino, talvez ao contrário do que alguns esperariam (pelos mais diferentes motivos), segue seu crescimento no Brasil. Um longo caminho vem sendo feito, desde o tempo em que a atividade era proibida por lei e passando pelas últimas quatro décadas, em que obstáculos sociais e familiares sempre se colocam às jogadoras, sem que se coloquem aos jogadores.

O fato de o Brasil ter a melhor jogadora do mundo certamente estará inspirando ainda mais muitas jovens garotas a seguir seus sonhos, em busca de uma carreira profissional – ou pelo menos de jogar em um nível semelhante dos garotos de seu bairro.

Praticar esporte é bom para a saúde. A saúde de nosso país agradece.